04/03/2020

Já visíveis dos impactos do FCID em Rapale, Nampula

Membros da Associação de Criadores Avícolas de Rapale satisfeitos com o apoio do FCID e já começam a criar frangos em aviários maiores e com melhores condições. 

Adelina Kamoco é criadora de frangos desde 2008. É casada e mãe de 8 filhos. 
É membro da Associação de Criadores Avícolas de Rapale (ACAR) e desenvolvia a sua  actividade num avário precário, erguido na sua casa, algures no distrito de Rapale, em Nampula, com capacidade não superior a 2.500 pintos. 
Adelina Kamoco é uma das primeiras beneficiárias dos aviários construídos no âmbito do Fundo Catalítico para Inovação e Demonstração (FCID), onde recebeu 7 mil pintos. 
Actualmente, Adelina emprega, no seu novo, aviário três jovens trabalhadores. 
A criadora afirma estar motivada e explica que “com o dinheiro que sairá deste negócio, espero continuar a pagar os estudos do meu filho que frequenta uma universidade em Nampula e pagar o salário dos meus trabalhadores.
A construção dos aviários resulta de um projecto da empresa Novos Horizontes –uma empresa baseada em Rapale, dedicada à venda de frangos, com financiamento do Governo moçambicano, através Fundo Catalítico para Inovação e Demonstração (FCID), com o apoio do Banco Mundial.

SAIBA MAIS


Ver todas

Notícias

Criadores recebem primeiro lote de pavilhões para frangos em Rapale

Estão em construção, na região de Mutivazi, no distrito de Rapale, Província de Nampula, 16 aviários para a produção de frangos.

VER MAIS 04/03/2020
Ver todas

Vídeos